How Much Do You Love Me?

Quanto Você Me Ama?

– Eu te amo!

Três simples palavras que podem produzir maravilhas para um relacionamento. Eu costumo dizê-las com frequência para minha esposa como um sinal de afeição contínua e amor por ela. Entretanto, nos momentos mais inesperados, não importando o que estejamos fazendo, ela me pergunta:

– Você me ama?

A resposta precisa ser direta, sem hesitação e nem gaguejos; gentilmente, mas suficientemente firme; com a entonação certa e correta; não muito forte que demonstre uma falsa emoção, nem tão fraca que demonstre meu descaso. Nem posso suspirar também porque isto indicaria um certo enfado e cansaço pela pergunta. Eu precisaria de um PhD em Vida Social para responder corretamente já que ela é muito sensível nestes assuntos e captura mesmo o menor desvio daquilo que ela acha que eu deveria responder:

– Claro! Sempre! – Ela então sorri para mim, contente por estar prestando atenção nela.

Com o tempo, aprendi que haverá um momento de silêncio e então ela fará a seguir uma pergunta infalível:

– Quanto?

How Much Do You Love Me?

Um presente, tão pequeno quanto seja, em datas especiais ou não, demonstra o quanto nós nos preocupamos com nosso parceiro ou parceira e representa muito para o relacionamento.

Como posso medir meu amor por ela? Qual a unidade de medida que representa a quantidade de amor, quilos, litros, metros? Usa-se o sistema métrico ou algum outro sistema de referência? Uma coisa eu sei, porém: ela não se deixa ser medida em termos de reais ou dólares quando se trata de amor. Honestamente, eu ainda não sei o seu critério mas estou tentando descobrir…

Na primeira vez que ouvi a pergunta, eu realmente não entendi o ponto mas, entre a ironia e a curiosidade, eu respondi rapidamente:

– Dois dedos? – e mostrei meus dois dedos juntos como a pedir uma dose de uísque. Ela não gostou e ficou em silêncio. Eu precisava corrigir imediatamente a situação!

– Olhe! – e abri meus braços.

– Não é o suficiente! – ela disse.

– Bom, pode não ser o suficiente, mas estes braços são os que te abraçam e que provam meu amor por ti! – Funcionou, porque ela sorriu e me deu um beijo.

Cada vez que eu ouvia o “Quanto?”, eu respondia com algo cada vez maior. Começando com braços abertos, com o tamanho de um quarteirão, com a altura do Everest (não o tamanho atual, mas aquele perto de um metro maior antes do terremoto no Nepal. “- Muito engraçado!”, ela disse), até o perímetro da Terra…

Aviso
No calor do momento, jamais tente subestimar o seu companheiro ou companheira respondendo:
– Eu te amo mais que a distância até a Lua, que é de 384.400 Km!
– O que?
– Eu me expressei mal: não é a distância média, mas sim a maior distância, chamada de apogeu, ou 405.696 Km!
Acredite em mim: não funciona! Poderão rir na sua cara (ou pior) e você poderá arruinar o momento (ou pior). Na verdade, arruina o momento (ou pior). Eu sei disso!

Portanto, cheguei ao ponto onde o tamanho desconhecido do Universo não seria o suficiente para descrever meu amor por ela. Eu também pensei em fórmulas matemáticas (o conjunto teórico Aleph Zero é uma boa…), no número de átomos numa grama de ouro ou mesmo no número de grãos de areia na praia mais longa do mundo (caso você não saiba e precise usar esta informação algum dia, é a Praia do Casino, no Rio Grande do Sul. E, não, eu não sei quantos grãos de areia existem lá!).

– Quanto?

Sem saber o que mais responder, lembrei-me de uma história sobre tabuleiros de xadrez contada por meu velho pai quando eu era criança.

– Por favor, dê-me uma moeda qualquer – pedi a ela. Ela ficou intrigada mas me alcançou a moeda que a coloquei no primeiro quadrado do tabuleiro.

– Este é o símbolo de meu amor por você, tão grande quanto você queira que seja.

– Você está tentando comprar meu amor?

– Não. Esta moeda não é dinheiro mas um símbolo. Ela poderia ser um vestido, um sapato, um minuto que passo conversando com você, um beijo que eu te dê ou qualquer outra coisa. É apenas um símbolo, mas um símbolo do meu amor por você! – ela sorriu e me deu um beijo.

How Much Do You Love Me?

Chocolate e morangos são os alimentos dos amantes! Sem razão especial, sem exageros, traga alguns para se deliciar a dois!

– Quanto?

Eu então pedi duas moedas e as coloquei no segundo quadrado do tabuleiro.

– Viu? Agora, eu te amo o dobro do que te amava antes. Você pode imaginar o que isto significa? – sua face estava radiante e ganhei dois beijos.

– Quanto?

Desta vez, pedi quatro moedas e as coloquei no terceiro quadrado.

– Eu ainda te amo o dobro do que te amava antes mas, se você contar as moedas, verá que eu agora te amo sete vezes mais (4 + 2 + 1) do que eu inicialmente te amava! – ela entendeu a jogada e maiores detalhes ficam para outra hora…

O tabuleiro agora está lá com somente três casas preenchidas. Ela entendeu que, neste ritmo, ela ficaria rapidamente sem dinheiro e, aproximadamente no meio do tabuleiro, nem juntando todo o dinheiro do mundo seria o suficiente para preencher a próxima casa.

Traduzindo tudo para o amor, acho que ela finalmente se deu conta que meu amor por ela é maior do que qualquer coisa e que qualquer discussão adicional sobre o assunto seria desnecessária… Ou não seria?…

– Quanto?

– Ah! Não! – Alguém tem alguma sugestão para me dar?



Select your currency